CUSTÓDIO DE ALMEIDA MAGALHÃES

            EDIFÍCIO SIGNORE DEL BOSCO

Muitos tem como principal referência o Palácio Martinelli como a residência anterior ao edifício Signore del Bosco, na Avenida Oswaldo Cruz. Poucos sabem é que antes do castelo de Giuseppe Martinelli a propriedade pertencia ao Comendador Custódio de Almeida Magalhães, até o início do séc. XX.  A grande residência de estilo eclético foi construída pelo banqueiro, dono do Banco Almeida Magalhães, na novíssima Avenida de Ligação (hoje Av. Oswaldo Cruz) e o projeto foi do arquiteto alemão  Thomas Georg Driendl. As fotos abaixo estavam no fundo do baú de sua sobrinha neta, Olívia Bergier. Custódio de Almeida Magalhães, não deixou filhos, e com o seu falecimento, a casa foi vendida por sua viúva Suzana Hirsck para o Comendador Martinelli em 1918, que contratou o arquiteto Antônio Virzi, para a reforma da mesma. Virzi como de costume, alterou profundamente a casa criando uma surrealista pátina art-noveu, que a transformou em uma das mais surpreendentes da cidade.



Fotos do acervo do Gustavo de Almeida Magalhães por Andre Decourt

 

Site sem interesse comercial e propõe-se a divulgar imagens e um pouco da história do local. Caso haja algum item em desacordo com os direitos de propriedade intelectual, envie-nos um e-mail e retiraremos a respectiva parte ou indicaremos o crédito.